Divórcio em cartório tem mesmo valor que em sentença

Divórcio realizado em cartório pode fixar pensão alimentícia e, inclusive, resultar em ação de execução de prisão em caso de descumprimento. A decisão – um entendimento recente da Lei 11.441/07 – é da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), que seguiu, à unanimidade, o voto da relatora, desembargadora Beatriz Figueiredo Franco (foto).

Leia mais...
 
 

Juíza defere pedido de recuperação judicial da Centroalcool

A juíza Adriana Caldas Santos (foto), da 1ª Vara da comarca de Inhumas, deferiu o pedido de recuperação judicial da Centroalcool S/A e nomeou como seu administrador judicial a empresa Stenius Lacerda Bastos Eireli .

Leia mais...
 
 

Consulta Processual 

Diário Eletrônico

Portal da Transparência